Previna os problemas de saúde causados pelo tempo seco


O período seco se apresenta como um fator de risco para a saúde da população. A baixa umidade do ar somada a poluição das cidades, pode provocar problemas respiratórios, ardência e ressecamento dos olhos, boca e nariz.  Crianças, idosos e pessoas com problemas crônicos são os mais afetados. Prezando pelo bem-estar, selecionamos algumas medidas simples que ajudam a aliviar ou prevenir estes sintomas.

 

Cuidados com a pele

Nesta época do ano a camada natural de proteção da pele fica ressecada e mais exposta a ação de elementos nocivos presentes no ar. Por isso, é preciso tomar alguns cuidados para evitar complicações como coceiras, alergias e descamações. A principal medida a ser tomada é usar um bom hidratante diariamente para compensar a falta dessa proteção natural.

Em excesso, o ar condicionado se torna um grande vilão. Isso porque no processo de refrigeração, ele reduz ainda mais a umidade do ar, e isso aumenta a transpiração e o ressecamento da pele no tempo seco. Para reduzir os danos, a dica é usá-lo na função de vaporizador, disponível em alguns modelos.

Hidratar os lábios é outra prevenção fundamental. Não só por uma questão de estética, mas também porque as lesões na boca aumentam o risco de infecção e até de outras doenças mais graves.

Preze por banhos mornos e não quentes. A água na temperatura morna ajuda a diminuir o estresse e a fluidificar as vias respiratórias, auxiliando no combate à infecções e alergias. Já em alta temperatura ela intensifica o processo de desidratação, além de ser prejudicial para a pele.

 

Para garantir uma respiração melhor no tempo seco

A dica mais importante deste tópico é a hidratação. Procure manter o corpo sempre bem hidratado. Portanto, beba bastante água, mesmo sem sentir sede. Na hora do lanche ou da sobremesa, dê preferência a frutas ricas em líquidos, como melancia, melão e laranja, por exemplo. 

Mantenha a casa sempre limpa e arejada. O tempo seco aumenta a concentração de ácaros, fungos e da poeira em móveis cortinas e carpetes. Procure não usar vassouras que levantam o pó por onde passam. Se não for possível utilizar aspiradores, utilize panos úmidos. 

Evite aglomerações e a permanência prolongada em ambientes fechados ou com ar condicionado. Aplique soro fisiológico no nariz e nos olhos para evitar o ressecamento, fator que aumenta o risco de infecções oportunistas das vias aéreas. E aquela velha dica da vovó ainda se mostra muito eficaz para umedecer os ambientes da casa durante estes dias; invista em toalhas molhadas, recipientes com água ou vaporizadores nos aposentos, principalmente nos quartos de dormir.