Casa Caiu

QUADRILHA ALUGA APARTAMENTOS EM BAIRRO NOBRE DE CUIABÁ PARA APLICAR GOLPES

Estelionatários foram presos por acaso por policiais da Delegacia de Repressão a Entorpecentes

28/11/2019 07:43:31
Reprodução

   Foi cumprido na manhã de quarta feira (27), mandados de buscas e apreensões em Cuiabá. Equipes da DRE (Delegacia de Repressão a Entorpecentes) saíram para investigar denuncias de trafico de drogas, e acabaram prendendo um grupo de pessoas suspeitas de estarem praticando golpes na capital, cinco pessoas foram conduzidas à DRE onde prestaram depoimentos.

   Segundo informações do delegado Vitor Hugo Bruzulato Teixeira, policiais receberam informações que algumas pessoas haviam alugado apartamentos em Cuiabá e estaria praticando diversos crimes, entre eles o tráfico de drogas. A justiça deferiu mandados de buscas e apreensões, policiais foram em alguns apartamentos, e nas diligências prenderam os elementos que estavam em apartamentos diferentes, no bairro jardim das Américas.

   O delegado disse que não foi identificado o crime de tráfico de drogas, mas os suspeitos confessaram a prática dos golpes de estelionato e associação criminosa.

   Durante as buscas, um dos suspeitos tentou se livrar de um celular, jogando o aparelho pela janela do apartamento. Um dos suspeitos presos admitiu a prática de golpes de estelionato nas modalidades conhecidas como 'golpe do estorno' e 'golpe da OLX'.

Como Funciona

   Segundo um dos, acusados o golpe funciona da seguinte forma; faz uma aquisição em determinada empresa, solicita dados bancários para o pagamento, informa que fez a transferência em valor maior do que o do produto adquirido e pede o estorno do que foi pago a mais, causando prejuízo financeiro à empresa lesada. O suspeito informou também que os golpes eram praticados há aproximadamente oito meses.

   Com eles foram apreendidos um veículo de luxo modelo Corolla, dinheiro em espécie, 20 aparelhos celulares e um caderno com anotações. “Todo esse material apreendido, assim como os depoimentos dos envolvidos serão encaminhados para a Delegacia de Estelionatos da capital que dará sequencia as investigações”, informou o delegado Vitor Hugo. O nome das pessoas presas não foi divulgado pela delegacia responsável pelo caso.


Adilson Túlio/Redação
Fonte: PJC



Outras Notícias Relacionadas